Kiki Strike e a Cidade das Sombras

Oi leitores!! Sou a Stephanie,  mais uma Nefelibata e venho postar minha primeira resenha, espero que gostem e divirtam-se.
Conheça a história de cinco garotas perigosas e destemidas, que vão encarar uma incrível aventura em uma cidade secreta no subsolo de Nova York.
Essa historia é narrada por Ananka Fishiben, uma jovem que tem sua vida mudada após um simples exercício de reconhecimento aos arredores de seu apartamento. Muitos metros abaixo do solo, Ananka descobre uma misteriosa sala, que ate então parecia ser secreta, o que ela não sabia era que acabara de descobrir o caminho para a esquecida Cidade das Sombras, uma cidade inteira construída sob Manhattan.
 Pouco tempo depois Ananka encontra-se com uma enigmática menina que só veste preto, é incrivelmente pálida, dirige uma vespa (mesmo não tendo idade), e que aparentemente alimenta-se apenas de café com leite, esta é ninguém mais ninguém menos que Kiki Strike. Uma espiã que já sabia da existência de Cidade das Sombras.
“– Você, no fundo – disse diretora. – Não pense que pode se esconder. Diga-me. O que quer ser quando crescer?
- Perigosa – disse a menina escondida, sem um segundo de hesitação. Todo mundo na turma se virou para a carteira dela. Ali, atrás de Lizzie, estava uma garotinha que ninguém se lembrava de ter visto antes. Por um momento eu tive a certeza de que a ouvira mal.
- Desculpe – disse a Srta. Jessel com um sorriso complacente na cara. – acho que eu e a diretora não entendemos o que você disse.
A menina ficou de pé.
- Quando crescer, quero ser perigosa.
A diretora e a Srta. Jessel trocaram um olhar.
- Qual é o seu nome querida? – Perguntou a diretora em um tom que indicava que ela ia ficar de olho na menina.
- Kiki Strike – respondeu a garota com simplicidade e, como se seguisse uma deixa, a sineta tocou.”
Juntando-se a Kiki, Anaka a ajuda a reunir um time de meninas com talentos únicos e bem interessantes – desde habilidades com explosivos e disfarces a experiências em roubos e invasão de sistemas. – Junte-se As Irregulares e entre em uma aventura de tirar o fôlego, com ratos famintos, muita ação e vingança nos labirintos subterrâneos de Nova York.
Até a próxima, Stephanie. 

Kiki Strike e a Cidade das Sombras foi escrito por Kirsten Miller, tem 448 página, Editora Galera Record.

Laís diz: foi dificil fazer a Ste escrever as duas primeiras linhas viu,mas, falar de livros ela fala muito bem.

10 comentários:

Mari Sampaio disse... [Responder comentário]

Que diferente! Parece ser bem divertido, hein!!!^^
Nunca tinha ouvido falar. Gostei!

Beijinhos!

Mariana Sampaio
Blog Tijolinhos de Papel

Zilda Mara Peixoto disse... [Responder comentário]

Não conhecia o livro mas achei a proposta dele bem diferente e interessante.A resenha ficou ótima.Parabéns!
Bjs...
Zilda Mara
Cachola Literária

Mônica disse... [Responder comentário]

Olá Laís, prazer estar aqui.
Não conhecia este livro, mas me parece bem interessante. sua resenha está muito boa, beijos

• Ӗwerton Ľenildo. disse... [Responder comentário]

Me parece ser um ótimo livro hehehe :D
Agora quero ler haha ;)
Lindão o Blog como sempre s2
Continue assim, sucesso sempre, beeijão ;*

papeldeumlivro.blogspot.com
@Papeldeumlivro

lais disse... [Responder comentário]

Olá!! Que bom que gostaram da resenha! Essa é a primeira da Stephanie. Conheça mais sobre nossa Equipe na guia Sobre ;)

beijo, laís.

Pâmela Vital disse... [Responder comentário]

UAU!
Kiki, perigo tem uma relação direta com poder sabia
adorei a sinopse Ste!
Cidade das sombras me faz lembrar cidade dos ossos e vidro =x
Jesus!
Cinco girls? Bota pra descer de poder feminino! haha

beijo

Blake disse... [Responder comentário]

O livro parece ser bem legal.
Não o conhecia, mas parece prometer muitas risadas.
Adorei a resenha e a dica de leitura!
BjO

Postar um comentário