Pequena Abelha


Olá Nefelibatas! Pronto para mais uma resenha?!

" Está é a história de duas mulheres cujas vidas se chocam num dia fatídico. Então uma delas precisa tomar uma decisão terrível, daquelas que, esperamos você nunca tenha de enfrentar. Dois anos mais tarde, elas se reencontram. E tudo recomeça."

Interessante e cheio de reviravoltas, este é  narrado em 1° pessoa, seus  capítulos são intercalados entre Pequena Abelha e Sarah, nossas personagens principais.
Não é um livro onde você se apaixonará pelos mocinhos, apesar de ser classificado com romance, este é um livro realista, que dever ser lido em pausas, para fazer reflexões.

Abelhinha é uma adolescente nigeriana que atravessa o mar em busca de refúgio na Inglaterra; uma sobrevivente, que testemunhou barbaridades em seu país. Sarah, uma inglesa, editora chefe de uma revista, viúva, mãe de Charlie,um garotinho que não tira sua roupa de super-herói e  possui bat-sentidos! 
 

 "Aprender o Inglês da Rainha é como tirar o esmalte vermelhão das unhas dos pés na manhã seguinte a um baile. Leva um tempo enorme, sempre fica um pouco nos cantos e, quando a unha cresce,a marcha vermelha faz lembrar como a gente se divertiu naquela noite."

"Faça o favor de concordar comigo que uma cicatriz nunca é feia. Isto é o que aqueles que produzem as cicatrizes querem que pensemos. Mas você e eu temos de fazer um acordo e desafiá-los. Temos de ver todas as cicatrizes como algo belo. Combinado? Este vai ser nosso segredo. Porque, acredite em mim, uma cicatriz não se forma num morto. Uma cicatriz significa: Eu sobrevivi."

"Mas o filme na sua memória, desse não se pode livrar assim com tanta facilidade. Onde quer que você vá, ele está sempre passando dentro de sua cabeça. Portanto, quando digo que sou uma refugiada, você deve compreender que não existe refúgio."

"Isso é uma coisa interessante sobre o mundo, Sarah. Ninguém gosta dos outros,mas todos gostam do U2."



Apesar de todo o drama, é uma leitura  muito divertida, Charlie não tira sua roupa de Batman por nada e vive em uma constante luta contra seus inimigos, ele irá despertar muitíssimas  risadas, além de sensibilizar você. 

  
O livro foi escrito por Chris Cleave , possui  267 páginas, foi publicado pela Editora Intrínseca;em breve será adaptado para o cinema com Nicole Kidman como Sarah.

Leia essa  cativante história. Até a próxima, Laís.

postagem programada  para 15/01

6 comentários:

• Ӗwerton Ľenildo. disse... [Responder comentário]

Que demais. Nunca tinha ouvido falar nesse livro, porém achei a história super interessante. Pelo visto a Abelhinha sofreu muito para chegar onde chegou, mas isso é realmente lindo. Pelo visto vou sentir e rir com o livro quando eu ler. Realmente vale a pena. hehe
Ótima resenha, meus parabéns.
Vou pegar o livro o quanto antes para ler, ele é bem fininho (:
Sucesso SEMPRE, beeijão diva ;*

Ewerton Lenildo - Academia de Leitura
papeldeumlivro.blogspot.com
@Papeldeumlivro

Babi Lorentz disse... [Responder comentário]

Desde que o livro foi lançado tenho vontade de ler, mas, infelizmente, ainda não pude comprar.
Ótimo ler um pouco mais sobre ele.
Beijão

Pâmela Vital disse... [Responder comentário]

Que lindo 'e o que eu tenho resumidamente a dizer.
Esse livro foi me dado por uma colega de avião. Ela disse que o livro era para ser repassado. Para chegar em várias mãos.. Talvez um dia eu faça isso com os meus. Por enquanto quero mantê-los.
A Pequena Abelhinha é uma fofa ne, até no esmalte vermelho e principalmente nas cicatrizes.
Uma historia de vida!
beijo grande, lais

Denise disse... [Responder comentário]

Confesso que pela capa imaginava outro tipo de história, mas quero ler memso assim. Muita gente comenta bem do livro e depois da sua resenha quer ler mesmo.

Bjus, Denise.
@dnisin
http://diamanteliterario.blogspot.com/

Blake disse... [Responder comentário]

Já li algumas resenhas desse livro e ele parece ser bom, mas não é meu tipo de leitura predileta.
Gostei da resenha e da música! hahaha
BjO

Postar um comentário